IDEAS home Printed from https://ideas.repec.org/
MyIDEAS: Login to save this paper or follow this series

The usefulness of State trade missions for the internationalization of firms: an econometric analysis

  • Ana Paula Africano

    ()

    (CEF.UP, Faculdade de Economia, Universidade do Porto)

  • Aurora A.C. Teixeira

    ()

    (CEF.UP, Faculdade de Economia, Universidade do Porto; INESC Porto)

  • André Caiado

    ()

    (CEHUM, Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universidade do Minho)

Os estudos empíricos sobre a utilidade das visitas oficiais (VOs) enquanto promotor da internacionalização das empresas são escassos, assumindo-se frequentemente do ponto de vista político que tais visitas têm impactos tão positivos quanto imensuráveis. Centrando-nos num caso relativamente inexplorado (Portugal), onde as VOs tem tido uma crescente visibilidade junto de empresas e público em geral, o presente estudo procurou, através da aplicação de um modelo econométrico, avaliar a importância relativa das características estruturais das empresas versus características das VOs, no modo como os participantes das visitas oficiais percepcionam a utilidade dessas mesmas visitas para a promoção das suas empresas e negócios nos mercados visitados. Com base em 136 participações em 12 visitas oficiais que decorreram entre 2005 a 2007, os resultados sugerem que a dimensão das empresas, o capital estrangeiro, a intensidade exportadora, a intensidade de inovação e a experiência no mercado visitado são variáveis estatisticamente relevantes na avaliação dos resultados e objectivos das VOs. A atitude pró-activa das empresas surge aqui particularmente relevada - por um lado, estabelecer contactos no âmbito das VOs pressupõe por parte das empresas algumas capacidades/competências prévias, nomeadamente ao nível da inovação; por outro lado, a prepação para a entrada num mercado está directa e positivamente relacionada com o facto da empresa exportar para esse mercado, ou seja, empresas mais experientes reconhecem retirar maiores proveitos das VOs enquanto mecanismos de preparação para entrada, bem sucedida, nos mercados. Desta forma, ressaltamos que não basta investir na simples organização das VOs; para que estas tenham a eficácia desejada é necessário que, no curto prazo, se seleccionem as empresas com maiores competências e, no longo prazo, que os programas de organização de missões sejam acompanhados de programas mais estruturantes de criação e/ou melhoria de competências, designadamente em termos de inovação, das empresas.

If you experience problems downloading a file, check if you have the proper application to view it first. In case of further problems read the IDEAS help page. Note that these files are not on the IDEAS site. Please be patient as the files may be large.

File URL: http://www.fep.up.pt/investigacao/workingpapers/10.02.10_wp361.pdf
Download Restriction: no

Paper provided by Universidade do Porto, Faculdade de Economia do Porto in its series FEP Working Papers with number 361.

as
in new window

Length: 25 pages
Date of creation: Feb 2010
Date of revision:
Handle: RePEc:por:fepwps:361
Contact details of provider: Postal: Rua Dr. Roberto Frias, 4200 PORTO
Phone: 351-22-5571100
Fax: 351-22-5505050
Web page: http://www.fep.up.pt/
Email:


More information through EDIRC

No references listed on IDEAS
You can help add them by filling out this form.

This item is not listed on Wikipedia, on a reading list or among the top items on IDEAS.

When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:por:fepwps:361. See general information about how to correct material in RePEc.

For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: ()

If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

If references are entirely missing, you can add them using this form.

If the full references list an item that is present in RePEc, but the system did not link to it, you can help with this form.

If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.

This information is provided to you by IDEAS at the Research Division of the Federal Reserve Bank of St. Louis using RePEc data.