IDEAS home Printed from https://ideas.repec.org/p/ise/gheswp/wp602019.html
   My bibliography  Save this paper

A Alteração da Estrutura Acionista das Companhias Coloniais Pombalinas: Impactos do Mercado Secundário de Títulos em Portugal no Século XVIII

Author

Listed:
  • Leonor Freire Costa
  • Pedro Neves
  • Tomás Pinto de Albuquerque

Abstract

As companhias coloniais são um exemplo da conjugação de interesses entre o Estado e grupos empresariais, no que hoje chamamos uma parceria público-privada. Neste contrato, o Estado concede às empresas o direito de explorar e administrar um território e os investidores fornecem os fundos, esperando taxas de retorno gratificantes em resultado do monopólio legal. Este é um modelo comum a muitas potências coloniais europeias desde o século XVII. A historiografia tem questionado o potencial deste modelo para impulsionar o desenvolvimento financeiro e tem assumido que foi mais eficaz no Norte do que no Sul da Europa. Basicamente, a solução empreendedora para explorar regiões coloniais com base em sociedades anónimas poderá ter levado a resultados diferentes no que diz respeito ao funcionamento do mercado de capitais. Embora esta ideia prevaleça na literatura, não sabemos muito sobre o caso português. Até agora, nenhum estudo analisou a evolução da estrutura de propriedade dessas empresas. Se esta se alterou ao longo do período de vigência do contrato com o Estado é um tema em aberto que aguarda uma investigação que contribuirá para a compreensão das características do mercado de capitais em Portugal. Neste Documento de Trabalho apresentamos os primeiros resultados de um projeto de investigação sobre o desenvolvimento do mercado de capitais no Portugal do século XVIII. Analisamos a estrutura de propriedade de duas empresas coloniais, a Companhia Geral do Grão-Pará e Maranhão e a Companhia Geral de Pernambuco e Paraíba, fundadas em 1755 e 1759, respetivamente. O estudo das transações das suas ações revela uma mudança significativa na estrutura de propriedade que resultou da Oferta Pública Inicial. Trazendo novos dados, e contrariando a ideia predominante na historiografia portuguesa, este Documento de Trabalho mostra que estas companhias tiveram um papel no desenvolvimento do mercado de capitais em Portugal.

Suggested Citation

  • Leonor Freire Costa & Pedro Neves & Tomás Pinto de Albuquerque, 2019. "A Alteração da Estrutura Acionista das Companhias Coloniais Pombalinas: Impactos do Mercado Secundário de Títulos em Portugal no Século XVIII," Working Papers GHES - Office of Economic and Social History 2019/60, ISEG - Lisbon School of Economics and Management, GHES - Social and Economic History Research Unit, Universidade de Lisboa.
  • Handle: RePEc:ise:gheswp:wp602019
    as

    Download full text from publisher

    File URL: https://ghes.rc.iseg.ulisboa.pt/wp/wp602019.pdf
    Download Restriction: no

    More about this item

    Keywords

    mercado de capitais; companhias pombalinas JEL classification: N2; G3;

    JEL classification:

    • N2 - Economic History - - Financial Markets and Institutions
    • G3 - Financial Economics - - Corporate Finance and Governance

    NEP fields

    This paper has been announced in the following NEP Reports:

    Statistics

    Access and download statistics

    Corrections

    All material on this site has been provided by the respective publishers and authors. You can help correct errors and omissions. When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:ise:gheswp:wp602019. See general information about how to correct material in RePEc.

    For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: (Natalia Nobre). General contact details of provider: https://aquila1.iseg.ulisboa.pt/aquila/research/ghes .

    If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

    We have no references for this item. You can help adding them by using this form .

    If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your RePEc Author Service profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

    Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.

    IDEAS is a RePEc service hosted by the Research Division of the Federal Reserve Bank of St. Louis . RePEc uses bibliographic data supplied by the respective publishers.