IDEAS home Printed from https://ideas.repec.org/
MyIDEAS: Login to save this paper or follow this series

Criação e destruição de postos de trabalho por tamanho de empresa na indústria brasileira

  • Elaine Pazello
  • Wasmália Bivar
  • Gustavo Gonzaga

    ()

    (Department of Economics PUC-Rio)

O objetivo deste trabalho é analisar o processo de geração de empregos por porte de empresa no setor industrial, no período de 1986 a 1995. A base de dados foi criada a partir de uma subamostra da Pesquisa Industrial Anual (PIA) - realizada pelo Departamento de Indústria do IBGE. De acordo com estudos recentes para outros países, a capacidade de geração de emprego atribuída às pequenas empresas é superestimada, uma vez que os resultados encontrados estão sujeitos a falácias estatísticas. A metodologia empregada neste trabalho procura evitar que os vieses associados a estas falácias distorçam os resultados. Em particular, as estimativas de criação e destruição de emprego por classes de tamanho são construídas a partir de dados longitudinais e o critério de porte utilizado para classificar as firmas leva em conta mais de uma observação anual. Este artigo também analisa a relação entre a qualidade dos postos de trabalho gerados e o tamanho das empresas na indústria brasileira. Dentre as diversas dimensões de qualidade do emprego, nos concentramos na análise do valor dos salários e dos benefícios pagos aos trabalhadores e na estabilidade das relações contratuais de trabalho. Os principais resultados desta pesquisa mostram que: i) a participação percentual do conjunto de micro, pequenas e médias empresas é praticamente igual à participação das grandes empresas nos valores absolutos de criação e destruição de postos de trabalho; ii) as pequenas empresas apresentam as maiores taxas de criação e destruição de emprego; iii) as grandes empresas pagam os maiores salários e benefícios; iv) a estabilidade das relações de trabalho não varia muito com o tamanho da empresa. Vale ressaltar que os resultados comprovam a alta rotatividade do mercado de trabalho brasileiro, fato já analisado em outros estudos (ver, por exemplo, Gonzaga, 1998).

If you experience problems downloading a file, check if you have the proper application to view it first. In case of further problems read the IDEAS help page. Note that these files are not on the IDEAS site. Please be patient as the files may be large.

File URL: http://www.econ.puc-rio.br/pdf/td431.pdf
Download Restriction: no

Paper provided by Department of Economics PUC-Rio (Brazil) in its series Textos para discussão with number 431.

as
in new window

Length: 26 pages
Date of creation: Aug 2000
Date of revision:
Handle: RePEc:rio:texdis:431
Contact details of provider: Postal: Rua Marquês de São Vicente, 225, 22453-900 Rio de Janeiro, RJ
Phone: 021 35271078
Fax: 021 35271084
Web page: http://www.econ.puc-rio.br

More information through EDIRC

No references listed on IDEAS
You can help add them by filling out this form.

This item is not listed on Wikipedia, on a reading list or among the top items on IDEAS.

When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:rio:texdis:431. See general information about how to correct material in RePEc.

For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: ()

If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

If references are entirely missing, you can add them using this form.

If the full references list an item that is present in RePEc, but the system did not link to it, you can help with this form.

If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.

This information is provided to you by IDEAS at the Research Division of the Federal Reserve Bank of St. Louis using RePEc data.