IDEAS home Printed from https://ideas.repec.org/p/ise/isegwp/wp322012.html
   My bibliography  Save this paper

Consequências de desequilíbrios comerciais em câmbios fixos e em câmbios flexíveis no modelo de Ricardo

Author

Listed:
  • Pedro Leão

Abstract

No quadro do modelo ricardiano das vantagens comparativas, analisam-se as consequências de desequilíbrios nas balanças comerciais quando os países estão em câmbios flexíveis ou em câmbios fixos (com ou sem esterilização monetária). As principais conclusões são as seguintes: - Em câmbios flexíveis, os ajustamentos da taxa de câmbio conduzem às alterações nos custos relativos necessárias para garantir a correcção de desequilíbrios comerciais - mantendo os países no pleno emprego e levando à sua especialização nos bens em que têm vantagens comparativas. - Em câmbios fixos, os desequilíbrios comerciais não conduzem normalmente às alterações nos custos relativos necessárias para garantir a sua correcção. No caso de não haver esterilização monetária, os desequilíbrios comerciais acabam por ser corrigidos através de variações da produção, do rendimento e do emprego nos vários países – o que significa uma redução do PIB e um aumento do desemprego nos países deficitários. No caso de haver esterilização monetária, os desequilíbrios comerciais tendem a permanecer indefinidamente. O desequilíbrio comercial entre os EUA e a China durante a última década é um exemplo ilustrativo desta conclusão JEL Classification: F10, F41

Suggested Citation

  • Pedro Leão, 2012. "Consequências de desequilíbrios comerciais em câmbios fixos e em câmbios flexíveis no modelo de Ricardo," Working Papers Department of Economics 2012/32, ISEG - Lisbon School of Economics and Management, Department of Economics, Universidade de Lisboa.
  • Handle: RePEc:ise:isegwp:wp322012
    as

    Download full text from publisher

    File URL: http://pascal.iseg.utl.pt/~depeco/wp/wp322012.pdf
    Download Restriction: no

    More about this item

    Keywords

    Vantagens comparativas; câmbios fixos; câmbios flexíveis; desequilíbrios comerciais;

    JEL classification:

    • F10 - International Economics - - Trade - - - General
    • F41 - International Economics - - Macroeconomic Aspects of International Trade and Finance - - - Open Economy Macroeconomics

    NEP fields

    This paper has been announced in the following NEP Reports:

    Statistics

    Access and download statistics

    Corrections

    All material on this site has been provided by the respective publishers and authors. You can help correct errors and omissions. When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:ise:isegwp:wp322012. See general information about how to correct material in RePEc.

    For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: (Vitor Escaria). General contact details of provider: https://aquila1.iseg.ulisboa.pt/aquila/departamentos/EC .

    If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

    We have no references for this item. You can help adding them by using this form .

    If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your RePEc Author Service profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

    Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.

    IDEAS is a RePEc service hosted by the Research Division of the Federal Reserve Bank of St. Louis . RePEc uses bibliographic data supplied by the respective publishers.