Advanced Search
MyIDEAS: Login to save this paper or follow this series

Contas externas e política monetária

Contents:

Author Info

  • Dionísio Dias Carneiro

    ()
    (Department of Economics PUC-Rio)

  • Thomas Yen Hon Wu

Abstract

Neste artigo estamos interessados na relação entre a taxa de câmbio, a taxa de juros, o Balanço de Pagamentos e seu financiamento, para a economia brasileira pós-Plano Real. A Política Monetária possui dois efeitos importantes sobre a questão do financiamento das contas externas. Em primeiro lugar, aumentos na taxa de juros elevam a disponibilidade de capitais de curto prazo, via atração de investimentos em renda fixa. Em segundo lugar, aumentos na taxa de juros ou aumentos na taxa de câmbio reduzem o tamanho do déficit em conta corrente, a partir de seus efeitos sobre o saldo das exportações líquidas de bens e serviços não fatores. Neste artigo analisaremos as duas vias, apesar de a primeira ter perdido importância a partir de 1999, quando o governo comprometeu-se a limitar o seu déficit em conta corrente à oferta disponível de investimentos diretos. Em artigo anterior, mostramos que a adoção de um ICM não necessariamente prestaria os serviços que dele se poderia esperar, do ponto de vista dos custos de desemprego de uma redução de 2 p.p. na meta inflacionária. Neste artigo, baseado nos efeitos estimados da taxa de câmbio e da taxa de juros sobre as contas externas, concluímos que o ICM pode ser útil como um indicador das pressões futuras sobre as contas externas do País. Assim, programas monetário-cambiais dirigidos para o controle do déficit em conta corrente (ou alternativamente, o saldo comercial ou as exportações líquidas) podem ser montados a partir de um indicador deste tipo. É claro que se a restrição externa for ativa, ou seja, sempre que o crescimento econômico estiver restrito pelo financiamento externo, o acompanhamento de um indicador deste tipo pode ser útil para examinar-se os efeitos de prazo médio da política monetário-cambial, na liberação dessa restrição.

Download Info

If you experience problems downloading a file, check if you have the proper application to view it first. In case of further problems read the IDEAS help page. Note that these files are not on the IDEAS site. Please be patient as the files may be large.
File URL: http://www.econ.puc-rio.br/pdf/td442.pdf
Download Restriction: no

Bibliographic Info

Paper provided by Department of Economics PUC-Rio (Brazil) in its series Textos para discussão with number 442.

as in new window
Length: 25 pages
Date of creation: Feb 2001
Date of revision:
Handle: RePEc:rio:texdis:442

Contact details of provider:
Postal: Rua Marquês de São Vicente, 225, 22453-900 Rio de Janeiro, RJ
Phone: 021 35271078
Fax: 021 35271084
Web page: http://www.econ.puc-rio.br
More information through EDIRC

Related research

Keywords:

Other versions of this item:

This paper has been announced in the following NEP Reports:

References

No references listed on IDEAS
You can help add them by filling out this form.

Citations

Citations are extracted by the CitEc Project, subscribe to its RSS feed for this item.
as in new window

Cited by:
  1. Dionísio Dias Carneiro & Pedro Garcia Duarte, 2001. "Inércia de Juros e Regras de Taylor: explorando as Funções de Resposta a Impulso em Um Modelo de Equilíbrio Geral Com Parâmetros Estilizados para o Brasil," Anais do XXIX Encontro Nacional de Economia [Proceedings of the 29th Brazilian Economics Meeting] 026, ANPEC - Associação Nacional dos Centros de Pósgraduação em Economia [Brazilian Association of Graduate Programs in Economics].

Lists

This item is not listed on Wikipedia, on a reading list or among the top items on IDEAS.

Statistics

Access and download statistics

Corrections

When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:rio:texdis:442. See general information about how to correct material in RePEc.

For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: ().

If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

If references are entirely missing, you can add them using this form.

If the full references list an item that is present in RePEc, but the system did not link to it, you can help with this form.

If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.