Advanced Search
MyIDEAS: Login to save this article or follow this journal

Estudo do sector eléctrico e electrónico: uma análise desagregada, ao nível dos 40 principais produtos do comércio bilateral comunitário e ao nível das principais empresas, para o período 1980 - 1992

Contents:

Author Info

  • Horácio Crespo Faustino

    (ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão - Universidade Técnica de Lisboa)

Abstract

Neste artigo faz-se: I) a caracterização do sector eléctrico - electrónico utilizando vários indicadores, dos quais destacamos as medidas de capital humano, em termos de stock e de fluxo, as medidas de concentração industrial e da escala mínima de eficiência (economias de escala) as medidas do peso das PMEs e as medidas da inovação tecnológica; ÍI) o ranking dos principais sectores da indústria transformadora em termos de 10 indicadores e o lugar que o sector electrónico ocupa em cada um deles; III) o cálculo dos índices de comércio intra-sectorial, considerando uma desagregação a 3 e a 5 dígitos, e o cálculo dos índices de vantagens comparativas por subsector; IV) o cálculo dos índices de comércio intra-sectorial por produto, ao nível dos 20 e dos 40 principais produtos eléctricos e produtos electrónicos (incluindo os produtos relacionados com as telecomunicações); v) a análise económica e financeira das principais empresas do sector, a partir dos balanços e demonstração de resultados, e considerando dois subperíodos: 1980-1983 e 1987-1992. As principais conclusões que retiramos são: I) nos 10 principais indicadores considerados - e considerando mais do que uma proxy para alguns deles - o sector eléctrico - electrónico encontra-se, geralmente, nos primeiros lugares do ranking, com destaque em termos de inovação tecnológica, intensidade em capital humano, concentração industrial, economias de escala e propensão a exportar; II) no sector eléctrico e electrónico big is beautiful independentemente de as empresas serem estrangeiras ou nacionais; III) tanto o subsector eléctrico como o subsector electrónico ultrapassam relativamente bem o período 1989-1992, considerado de «escudo forte» (a situação em 1992 é praticamente a de 1989) e contribuíram positivamente para o reforço da via do ajustamento estrutural através da especialização intra-sectorial; IV) M. Porter e a sua equipa excluíram este sector dos clusters industriais seleccionados para construir a vantagem competitiva de Portugal. O nosso estudo demonstra que essa posição assenta na crença de que a indústria portuguesa só sabe fazer bem têxteis, vestuário, calçado e outros produtos tradicionais intensivos em trabalho não qualificado e pouco qualificado. Ou seja, o nosso estudo demonstra que a posição da equipa de M. Porter não tem suporte na recente teoria do comércio internacional e não tem qualquer suporte nos dados estatísticos do período 1980-1992.

Download Info

To our knowledge, this item is not available for download. To find whether it is available, there are three options:
1. Check below under "Related research" whether another version of this item is available online.
2. Check on the provider's web page whether it is in fact available.
3. Perform a search for a similarly titled item that would be available.

Bibliographic Info

Article provided by ISEG, Technical University of Lisbon in its journal Estudos de Gestão.

Volume (Year): II (1995)
Issue (Month): 2 ()
Pages: 31-59

as in new window
Handle: RePEc:pjm:journl:v:ii:y:1995:i:2:p:31-59

Contact details of provider:
Postal: Rua do Quelhas 6, 1200-781 LISBOA
Phone: +351-213 925 800
Fax: +351-213 925 850
Email:
Web page: http://www.iseg.ulisboa.pt/
More information through EDIRC

Related research

Keywords:

References

No references listed on IDEAS
You can help add them by filling out this form.

Citations

Lists

This item is not listed on Wikipedia, on a reading list or among the top items on IDEAS.

Statistics

Access and download statistics

Corrections

When requesting a correction, please mention this item's handle: RePEc:pjm:journl:v:ii:y:1995:i:2:p:31-59. See general information about how to correct material in RePEc.

For technical questions regarding this item, or to correct its authors, title, abstract, bibliographic or download information, contact: (Paulo Lopes Henriques).

If you have authored this item and are not yet registered with RePEc, we encourage you to do it here. This allows to link your profile to this item. It also allows you to accept potential citations to this item that we are uncertain about.

If references are entirely missing, you can add them using this form.

If the full references list an item that is present in RePEc, but the system did not link to it, you can help with this form.

If you know of missing items citing this one, you can help us creating those links by adding the relevant references in the same way as above, for each refering item. If you are a registered author of this item, you may also want to check the "citations" tab in your profile, as there may be some citations waiting for confirmation.

Please note that corrections may take a couple of weeks to filter through the various RePEc services.